Fórumcast, o podcast da Fórum
26 de fevereiro de 2018, 12h04

PF pede prisão de Jaques Wagner; justiça nega

Jaques Wagner é uma das alternativas do PT para concorrer à Presidência da República caso o ex-presidente seja impedido de disputar

A Polícia Federal confirmou nesta segunda-feira (26) que pediu a prisão do ex-governador Jaques Wagner, do secretário da Casa Civil, Bruno Dauster, e do empresário Carlos Daltro. O pedido, no entanto, foi negado pelo Tribunal Regional Federal da 1º Região (TRF-1).

“Nós entendíamos que era necessária a condução. Não havendo a possibilidade de condução, foi pedida a prisão temporária, que foi negada pelo Tribunal Regional Federal”, afirmou um dos delegados responsáveis pela Operação Cartão Vermelho, durante coletiva de imprensa.

Jaques Wagner é uma das alternativas do PT para concorrer à Presidência da República caso o ex-presidente seja impedido de disputar.

Os três foram indiciados pela PF no âmbito da Operação Cartão Vermelho, que investiga o superfaturamento na parceria público-privada (PPP) com a Fonte Nova Participações (FNP), deflagrada nesta segunda e que teve como alvos de mandados de busca e apreensão o ex-governador, o secretário da Casa Civil e o empresário.

A PF cumpriu mandado de busca e apreensão, na manhã desta segunda-feira, no apartamento ex-governador da Bahia e secretário de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia, Jaques Wagner, no Corredor da Vitória, em Salvador.

Veja também:  Pesquisa Ibope aponta: eleitores de Bolsonaro pedem combate ao desmatamento na Amazônia

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum