sábado, 24 out 2020
Publicidade

PF quer comprar por R$ 50 milhões imagens de satélite fornecidas de graça pela Noruega

Contrato é alvo de processo no TCU por "possíveis indícios de irregularidades" e chegou a ser suspenso, mas foi retomado nesta semana

A Polícia Federal pretende fechar um contrato de R$ 49,7 milhões com a Planet Lab, empresa de monitoramento ambiental, para ter acesso a imagens de satélite das florestas nacionais. Parte do conteúdo, no entanto, é fornecido de forma universal e gratuita pelo Ministério do Clima e Meio Ambiente da Noruega.

O contrato da PF pede “acesso ilimitado à plataforma […] para visualização dos mosaicos mensais RGB (atual e acervo desde Jul/2017), e para uso da API de dados e geoserviços; fornecimento de 12 mosaicos mensais RGB”. De acordo com reportagem do O Eco, as imagens exigidas pela corporação estarão disponíveis no contrato entre Noruega e Planet.

O contrato da Polícia Federal também é alvo de processo no Tribunal de Contas da União (TCU) por “possíveis indícios de irregularidades”. O TCU chegou a suspender o contrato por medida cautelar na última sexta-feira (18), mas voltou atrás na segunda (21), revogando a decisão tomada anteriormente.

O governo norueguês anunciou na terça-feira (22) a assinatura do contrato internacional com a Kongsberg Satellite Services (KSAT) que, juntamente com a Planet e Airbus, fornecerá o acesso ao monitoramento por satélite das florestas. A Planet vai disponibilizar mapas de alta resolução de toda região tropical, incluindo o Brasil, que serão atualizados mensalmente.

“Eles estarão disponíveis gratuitamente para qualquer pessoa ver e usar por meio de parceiros de tecnologia da Noruega, como a Global Forest Watch. Além disso, a partir de meados de outubro, qualquer pessoa poderá fazer o download dos mapas-base mensais prontos para análise dessas regiões por meio da plataforma de imagens de satélite online da Planet, Planet Explorer, com a finalidade de apoiar a missão do NICFI (Iniciativa Internacional de Clima e Florestas da Noruega, na sigla em inglês)”, diz nota do site da Planet.

Luisa Fragão
Luisa Fragão
Jornalista.