Fórumcast, o podcast da Fórum
31 de maio de 2018, 11h20

PF suspeita que contador de Temer seja laranja do coronel Lima na Rodrimar

Em depoimento à PF, o contador disse que foi colocado como gerente para administrar dinheiro de um único contrato —com a Rodrimar

De acordo com matéria publicada na Folha desta quinta-feira (31), a Polícia Federal encontrou o primeiro elo financeiro documentado que liga o coronel João Baptista Lima Filho, amigo de Michel Temer, e a Rodrimar. A empresa portuária é o principal alvo da investigação em andamento sobre o presidente.

Segundo a investigação, a PF suspeita que o administrador da filial brasileira da Eliland, Almir Martins, seja um laranja do coronel. A empresa Eliland é braço de uma offshore sediada no Uruguai.

Martins foi contador das campanhas eleitorais de Temer de 1994, 1998, 2002 e 2006, e trabalha até hoje em uma das empresas de Lima, a Argeplan.

Em depoimento à PF, o contador disse que foi colocado como gerente para administrar dinheiro de um único contrato —com a Rodrimar. Martins não apontou os serviços prestados.

O depoimento diz que “[Almir] se recorda de um contrato firmado entre a Eliland e a Rodrimar, não se recordando o objeto nem os valores envolvidos em tal contrato, mas se lembrando que tais pagamentos ocorreram até o ano de 2010. Que a Eliland somente possuía contrato com a empresa Rodrimar”.

 

Leia a matéria completa na Folha


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum