Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
15 de janeiro de 2020, 21h50

Pimenta aciona Justiça para ter acesso a lista de convidados de coquetel de Bolsonaro

"Quem estava neste coquetel? Quem foi convidado que nós não podemos saber?", questionou o líder do PT na Câmara após Bolsonaro colocar sigilo na lista de convidados da posse presidencial

Jair Bolsonaro (Foto: Alan Santos/PR)

O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) entrou com ação na Justiça do Distrito Federal nesta quarta-feira (15) contra a decisão do governo do presidente Jair Bolsonaro de declarar sigilo em lista de convidados da posse presidencial de Bolsonaro.

“Requer-se a concessão da liminar, independentemente do atendimento da requisição dos documentos junto ao Itamaraty, para declarar a nulidade do ‘ato administrativo’ que impôs restrições ao acesso às informações buscadas junto ao Ministério das Relações Exteriores (lista de convidados do coquetel de posse do Presidente da República), de modo que seja apresentada à sociedade, incontinenti, a referida lista”, diz trecho da ação obtido pela colunista Bela Megale, do O Globo.

Para Pimenta, o ato que impôs o sigilo ao documento representa um “atentado à cidadania” e fere “o princípio da transparência e da publicidade nos atos e ações do poder público federal”. Em vídeo publicado no Twitter na noite de terça-feira, Pimenta questionou: “Quem estava neste coquetel? Quem foi convidado que nós não podemos saber?”.

A decisão de declarar a confidencialidade partiu do Itamaraty após um cidadão requisitar por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI) o nomes de todos os convidados do coquetel do presidente.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum