sábado, 19 set 2020
Publicidade

Planalto emite nota sobre vídeo escatológico de Bolsonaro: “distorção clara do espírito momesco”

Após a repercussão negativa do vídeo escatológico sobre o Carnaval compartilhado por Jair Bolsonaro (PSL) no Twitter, o Palácio do Planalto soltou nota na noite desta quarta-feira (6) dizendo que o presidente não teve intenção de “criticar o carnaval de forma genérica”.

Segundo a nota, Bolsonaro quis “caracterizar uma distorção clara do espírito momesco, que simboliza a descontração, a ironia, a crítica saudável e a criatividade da nossa maior e mais democrática festa popular”.

No vídeo, divulgado na terça-feira (5) de Carnaval, Bolsonaro afirmou que “é isto que tem virado muitos blocos de rua no carnaval brasileiro”. E recomendou que seus seguidores comentassem e tirassem suas conclusões.

Confira a íntegra da nota divulgada pela comunicação social da Presidência da República

“A respeito de publicação realizada na conta pessoal do Presidente da República, em 5 de março, convém esclarecer que:

– No vídeo, postado pelo Sr Presidente da República em sua conta pessoal de uma rede social, há cenas que escandalizaram, não só o próprio Presidente, bem como grande parte da sociedade.

– É um crime, tipificado na legislação brasileira, que violenta os valores familiares e as tradições culturais do carnaval.

– Não houve intenção de criticar o carnaval de forma genérica, mas sim caracterizar uma distorção clara do espírito momesco, que simboliza a descontração, a ironia, a crítica saudável e a criatividade da nossa maior e mais democrática festa popular.”

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.