Fórumcast, o podcast da Fórum
13 de dezembro de 2018, 14h34

Polícia cumpre mandados de prisão no Rio relacionados ao caso Marielle

Os policiais foram a 15 endereços, inclusive fora do estado do Rio de Janeiro, como em Juiz de Fora, Minas Gerais

Foto: Reprodução Instagram/Monica Benicio

Policiais da Divisão de Homicídios colocaram em prática nesta quinta-feira (13), uma operação para cumprimento dos primeiros mandados de prisão e de busca e apreensão relacionados aos assassinatos de Marielle Franco e Anderson Gomes. A ação visa prender milicianos, suspeitos de envolvimento no atentado do dia 14 de março, de acordo com informações de Bette Lucchese e Murilo Salviano, no G1.

Os policiais foram a 15 endereços, inclusive fora do estado do Rio de Janeiro, como em Juiz de Fora (MG). No RJ, equipes estão na Zona Oeste do Rio; em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense; em Petrópolis, na Região Serrana; e em Angra dos Reis, na Costa Verde.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Os mandados fazem parte de um inquérito à parte. No entanto, segundo o delegado Giniton Lages, que está à frente das investigações, todos têm ligação com os assassinatos.

A investida faz parte de operação contra a milícia. Em Angra dos Reis, durante o cumprimento de mandado, os policiais foram encurralados por bandidos. A Polícia Civil, no entanto, não revelou se a ação tinha relação com os assassinatos.

Conforme informou o delegado Bruno Gilaberte, titular da 166ª DP, a ação aconteceu no Morro da Constância, no Frade. “Os agentes ficaram sob forte ameaça (dos criminosos), em local de vulnerabilidade e intensa situação de risco”.

O grupo foi resgatado depois de ação das polícias Civil e Militar. Um dos agentes foi atingido por estilhaços e teve ferimentos leves.

O caso

A vereadora Marielle Franco foi morta a tiros em um carro, na Rua Joaquim Palhares, no bairro do Estácio, na Região Central do Rio, por volta das 21h30 do dia 14 de março deste ano. Além dela, o motorista Anderson Pedro Gomes também foi baleado e morreu. Uma outra passageira, assessora de Marielle, foi atingida por estilhaços.

Agora que você chegou ao final deste texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum