Fórumcast, o podcast da Fórum
12 de junho de 2019, 16h05

Polícia Federal investiga o vazamento de conversas de Moro e procuradores da Lava Jato

Polícia Federal vai investigar responsáveis por ação que permitiu o Vaza Jato; os investigadores acreditam em ação orquestrada e conteúdo dos vazamentos não será alvo da investigação

(Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Com o objetivo de investigar os responsáveis pelo vazamento de mensagens trocadas entre procuradores da Lava Jato e o ex-juiz federal e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, a Polícia Federal abriu, nesta quarta-feira (12), quatro inquéritos. A PF acredita que houve ação orquestrada. A investigação não aborda o conteúdo.

Os investigadores estão colhendo indícios sobre autoria de suposto ataque, o método usado para a obtenção dos dados e quem teve acesso a tais conversas. A principal suspeita sobre o método é a clonagem da conta no Telegram e o recebimento de uma chamada vinda do próprio número.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Segundo a Procuradoria Geral da República (PGR), isso aconteceu com diversos integrantes da Lava Jato e com ex-juiz federal Sérgio Moro. A PGR que já  briu procedimento interno para acompanhar o caso.

O Telegram, no entanto, disse que não sofreu qualquer ataque e aponta que as contas de Moro ou dos procuradores poderiam não estar bem protegidas ou que pode ter havido invasão do próprio telefone celular dos envolvidos.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum