domingo, 20 set 2020
Publicidade

Políticos bolsonaristas ignoram origem dos cheques de Queiroz e dizem que valores eram irrelevantes

Bolsonaristas e integrantes do centrão se uniram em defesa do presidente Jair Bolsonaro RJ) com relação à revelação de novos cheques do ex-assessor Fabrício Queiroz à primeira-dama Michelle Bolsonaro.

De acordo com o Painel, da Folha, todos apostam que os R$ 89 mil depositados pela família de Fabrício Queiroz para Michelle não abalam o cenário político ou o apoio ao governo. Além disso, também ignoram a falta de explicação sobre como se deram os supostos empréstimos.

Auxiliares do presidente disseram ainda que os valores eram irrelevantes e que não seria possível lembrar de todas as movimentações bancárias. Não souberam responder, no entanto, como os supostos empréstimos foram feitos.

“Depósitos? De jeito nenhum. Vocês estão forçando a barra demais. Precisa bem mais do que isso pra configurar alguma coisa”, disso Cabo Junio Amaral (PSL-MG). “Não vejo nada de ilegal em alguém depositar um cheque. Nessa época, cheque comia solto. Alguém reclamou de alguma desonestidade quanto aos cheques?”, respondeu Bibo Nunes (PSL-RS).

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.