Fórum Educação
06 de Maio de 2019, 16h17

Por organização criminosa e obstrução de Justiça, Temer vira réu pela sexta vez

MP acusa Temer de, entre outros pontos, ter instigado o empresário Joesley Batista a pagar “vantagens indevidas” ao ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (MDB)

Foto: Lula Marques/Agência PT

Marcus Vinícius Reis Bastos, juiz federal em Brasília, determinou que Michel Temer (MDB) vire réu pela sexta vez. O emedebista vai responder agora por organização criminosa junto com os ex-ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco, e por obstrução de Justiça.

Primeiramente, a denúncia foi apresentada ao Supremo Tribunal Federal (STF) em 2017 pelo então procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Temer foi acusado de comandar uma organização criminosa e de tentar obstruir as investigações da Operação Lava Jato.

Durante o mês de abril, a acusação foi confirmada pelo Ministério Público Federal (MPF), em Brasília.

O MP acusa Temer de, entre outros pontos, ter instigado o empresário Joesley Batista, um dos sócios do grupo J&F, a pagar “vantagens indevidas” ao ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (MDB), para que o ex-deputado não fechasse acordo de delação premiada.

Requisitos

“A denúncia se fez acompanhar de documentos que lhe conferem verossimilhança”, ressaltou Bastos. Ele considerou que a denúncia preenche os requisitos para se transformar em ação penal e determinou que os três réus apresentem defesa por escrito em dez dias.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum