O que o brasileiro pensa?
06 de abril de 2020, 22h36

“Posição humilhante”: Haddad ironiza falta de comando de Bolsonaro

O presidente havia decidido demitir o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, mas recuou após fortes pressões

Foto: Marcos Corrêa/PR

O ex-ministro da Educação, Fernando Haddad, fez uma publicação na noite desta segunda-feira (6) ironizando a posição do presidente Jair Bolsonaro diante da crise interna em seu governo ao redor do Ministério da Saúde.

“Nunca tinha visto um presidente se colocar em situação tão humilhante”, escreveu o candidato do PT à presidência nas eleições de 2018.

O presidente havia decidido demitir o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, mas recuou após a pressão da ala militar do governo – em especial do ministro da Casa Civil e “presidente operacional”, Walter Braga Netto – e do Congresso Nacional.

A falta de comando do presidente virou assunto nas redes sociais. No domingo ele havia declarado que não tinha “medo de usar a caneta” e que ela seria usada contra pessoas que ” viraram estrelas e falam pelos cotovelos”. Mandetta revelou que chegou a esvaziar suas gavetas.

A exoneração seria publicada em edição extra do Diário Oficial na tarde desta segunda-feira logo após uma reunião com todos os ministros do governo e com o vice-presidente Hamilton Mourão. O DOU foi publicado sem a exoneração.

Desde a semana anterior se especula que o presidente esteja atuando como uma “monarca sem poder efetivo” com o sob intervenção de Braga Netto. Nesta segunda, apoiadores pediram para ele não virar “Rainha da Inglaterra”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum