O que o brasileiro pensa?
09 de julho de 2020, 10h53

Pré-candidato bolsonarista à prefeitura afirma que “não existe milícia em Niterói”

Delegado José Paulo Pires afirmou: “Pode até existir? Pode. A gente não sabe de tudo, mas, até o momento, conversei com alguns delegados, e não tem essa informação"

Foto: Facebook

O pré-candidato do PMN à Prefeitura de Niterói, bolsonarista conhecido como Delegado José Paulo Pires, afirmou, em entrevista ao jornal O Dia que “não existe milícia em Niterói”.

“Nós não identificamos, até o momento, pelo menos as informações que eu tenho, de realmente uma estrutura de milícia principalmente no polo gastronômico. E olha que eu coloco sempre as minhas redes sociais, o meu telefone à disposição, para as pessoas informarem sobre milícia aqui em Niterói”, disse o delegado.

Pires disse ainda que “pessoas que moram numa região, então são vários sítios, e eles contratam alguém para ficar circulando ali para vigiar, isso não é milícia. Milícia é quando tem toda aquela estrutura. A milícia tem que ter pessoas armadas, pessoas que impõem aquele tipo de serviço, como existe em vários locais, como Itaboraí, fortemente, São Gonçalo, em alguns locais. Agora, em Niterói, as informações que eu tenho é que não existe, até agora, esse tipo de grupo armado. Pode até existir? Pode. A gente não sabe de tudo, mas, até o momento, conversei com alguns delegados, e não tem essa informação”, explicou.

Uma simples busca no Google mostra inúmeras matérias sobre a atuação de milícias na cidade de Niterói. Ainda em 2018, reportagem do G1 afirmava que Centro, Itaipu e Icaraí, três dos mais conhecidos e movimentados bairros de Niterói, contavam com atuações de grupos milicianos. Na época, denúncias da Câmara dos vereadores foram encaminhadas ao Ministério Público, que serão investigadas também por uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI).

Com informações de O Dia


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum