O que o brasileiro pensa?
27 de maio de 2020, 21h03

Prefeito de Manaus, xingado por Bolsonaro na reunião ministerial, vai pedir prisão do presidente

Caso formalize uma queixa-crime, tramitação não dependeria de parecer da PGR por se tratar de acusação de crime contra a honra

Foto: Reprodução

O prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB), chamado de “bosta” pelo presidente Jair Bolsonaro, afirmou nesta quarta-feira (27) que vai entrar com uma queixa-crime contra o ex-capitão no Supremo Tribunal Federal (STF).

“Aproveitaram o vírus, tá um bosta de um prefeito lá de Manaus agora, abrindo covas coletivas. Um bosta”, disse Bolsonaro na reunião de 22 de abril.

Em nota enviada ao Uol, o tucano disse “esperar uma retratação formal daquele que deveria se portar na liturgia que o cargo exige […] principalmente no momento de grave crise na saúde e áreas afins provocada pela pandemia do novo coronavírus e que tem Manaus como uma das capitais brasileiras mais afetadas”.

Caso o prefeito concretize a acusação contra o presidente por injúria, o processo não dependeria de uma ação da Procuradoria-Geral da República (PGR), o que pode “acelerar” o processo.

Apresentada a queixa de crime contra a honra, o STF fica responsável por avaliar a acusação e, em caso de não-arquivamento, já envia um pedido de afastamento do presidente para a Câmara dos Deputados.

Com informações do Uol


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum