Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
22 de outubro de 2018, 18h37

Presidenta da UNE diz que Bolsonaro tenta silenciar a entidade

Marianna Dias se posicionou em relação ao fato de o TSE ter mandado a UNE retirar material contrário ao candidato do site e do Facebook: “A democracia permite que organizações da sociedade civil pensem e tenham opiniões e posicionamentos”

Foto: Divulgação/UNE

A presidenta da União Nacional dos Estudantes (UNE), Marianna Dias, em contato com a Fórum, se posicionou em relação ao fato de o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por meio do ministro Sergio Banhos, ter determinado a retirada de publicações contrárias ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) de seu site e de seu Facebook.

“Nós lançamos a campanha “#EleNãoVaiNosCalar”, porque, na nossa opinião, é uma tentativa, por parte do candidato Jair Bolsonaro, de silenciar a UNE enquanto uma organização que pode, sim, ter opiniões políticas sobre as eleições, ainda que seja uma organização de pessoa jurídica. Então, a nossa postura é de nos mantermos firmes nessa campanha, nos contrapondo sempre às ideias de Bolsonaro, porque a democracia permite que organizações da sociedade civil pensem e tenham opiniões e posicionamentos”, destaca a dirigente.

“A UNE, apesar de ser uma organização de pessoa jurídica, tem sua natureza política e a sua natureza de organização da sociedade civil. Então, a nossa opinião é principalmente por ter discordâncias profundas das ideias que Bolsonaro apresenta e das suas propostas, sobretudo, porque fere a nossa existência. Bolsonaro defende a tortura, que é algo muito grave para a UNE que teve um presidente morto durante a ditadura militar”, ressalta.

Marianna cita as notícias veiculadas nesta segunda-feira (22), com declarações de que Bolsonaro e sua equipe são favoráveis à cobrança de mensalidade em universidades federais, e que, se eleito, ele próprio vai escolher quem serão os reitores das universidades, ferindo a autonomia das instituições.

“Nós estamos nos posicionando da seguinte maneira: primeiro, a UNE é uma instituição que respeita as outras instituições. Temos um respeito grande pela Justiça e pelas suas decisões, mas o foco de nosso questionamento e de nossa denúncia diz respeito ao nosso posicionamento político. Na nossa opinião, a motivação principal de Bolsonaro ter entrado com essa ação contra a UNE é porque ele tem um comportamento muito difícil de aceitar o contraditório”, completa a dirigente.

 

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum