#Fórumcast, o podcast da Fórum
15 de outubro de 2019, 18h12

Presidente da CCJ, do PSL, xinga Maria do Rosário e oposição derruba sessão sobre segunda instância

"Hoje vossa excelência acha que pode me julgar mas eu sou uma mulher digna que colocou o seu presidente no banco dos réus", declarou Maria do Rosário; assista

Foto: Lula Marques

O deputado federal Felipe Francischini (PSL-PR) adotou uma postura agressiva ao comandar os trabalhos na Comissão de Constituição e Justiça nesta terça-feira (15). O parlamentar, que pautou uma sessão extraordinária para analisar a PEC de prisão em segunda instância, xingou a deputada Maria do Rosário (PT-RS) e ironizou as demais integrantes da oposição.

“Senhor presidente eu lamento a sua impostura. Hoje vossa excelência acha que pode me julgar mas eu sou uma mulher digna que colocou o seu presidente no banco dos réus. Vossa excelência fale com os deputados e deputadas dessa casa com respeito que o cargo pelo menos lhe dá”, declarou Rosário após o Francischini dizer que ela era “chata” por questionar os procedimentos adotados por ele.

“Vossa excelência aprendeu de forma tão ruim com o canalha que está na Presidência da República. Vossa excelência aprendeu com aqueles que batem em professores, com aqueles que jogam cachorros em educadores. Vossa excelência aprendeu com aqueles que torturam. Vossa excelência aprendeu com quem a ser projeto de ditador?”, questionou ainda.

Em seguida, a deputada comemorou no Twitter a suspensão da sessão e disse que a CCJ “não é playground” e que “não se brinca” com a Constituição. “Os chatos e chatas derrubaram mais um golpe na Câmara. Se for necessário ser chata pra defender a Constituição e as Leis, serei. Com cláusula pétrea não se brinca. A CCJ não é playground”, publicou.

Erika Kokay (PT-DF), que junto a Talíria Petrone (PSOL-RJ) se levantou para defender Rosário, criticou a postura do presidente da comissão no Twitter. “O xingamento de Francischini contra Maria do Rosário é mais uma atitude covarde e machista de um parlamentar autoritário e despreparado para presidir a CCJ!”, publicou.

Confira vídeo da confusão e da fala de Rosário:

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum