Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
03 de abril de 2019, 09h30

Presidente da frente ruralista a líderes do governo: “Não dá mais! Acabou a paciência!”

A explosão de Alceu Moreira se deu por conta de mensagem postada por Flávio Bolsonaro ao Hamas: "Quero que vocês se explodam". Setor tem negócios com os árabes

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O deputado Alceu Moreira (MDB-RS), presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), repreendeu, nesta terça-feira (3), os líderes do governo no Congresso e na Câmara, Joice Hasselmann (PSL-SP) e Vitor Hugo (PSL-GO).

“Chega! Chegamos ao limite! Não dá mais! Acabou a paciência!”, disse Alceu Moreira, em tom de enfrentamento.

A explosão de Moreira se deu por cota de mensagem nas redes sociais postada por Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro. Flávio escreveu “Quero que vocês se explodam”, em resposta a uma nota de repúdio do grupo Hamas à abertura de um escritório de negócios pelo governo brasileiro em Jerusalém.

Foto: Reprodução

A reportagem do Globo presenciou a cena no cafezinho da Câmara. Joice e Vitor Hugo ainda tentaram acalmar o presidente da frente ruralista, mas ele saiu em disparada a um dos elevadores privativo.

Desde que Bolsonaro prometeu mudar a embaixada brasileira de Tel Aviv para Jerusalém, a Frente Parlamentar da Agropecuária negocia um recuo do Planalto. Na viagem presidencial a Israel, Bolsonaro decidiu abrir apenas um escritório de negócios em Jerusalém.

A preocupação do setor é com uma possível retaliação de países árabes à exportação de carne brasileira. O Brasil é hoje o maior exportador global de proteína halal — preparada de acordo com as tradições islâmicas. O mercado consumidor do produto reúne 1,8 bilhão de muçulmanos.

Depois de ter feito a publicação no Twitter, Flávio Bolsonaro apagou a mensagem.

Com informações do Globo


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum