Fórumcast, o podcast da Fórum
17 de julho de 2019, 12h52

Presidente da UNE rouba cena em apresentação de Weintraub: “Ministro, cadê o dinheiro da educação?”

"Queremos solução para os estudantes que estão sem bolsa. Queremos uma resposta para isso, uma resposta imediata. Como vamos pensar um projeto para o futuro se no presente não funciona?", questionou o presidente da UNE

Foto: Reprodução

O recém-eleito presidente da UNE (União Nacional dos Estudantes), Iago Montalvão, interpelou, nesta quarta-feira (17), o ministro da Educação, Abraham Weintraub, durante anúncio de programa “Future-se”, elaborado pelo governo para incentivar a captação de recursos privados para as universidades federais.

“Ministro, cadê o dinheiro da educação? Queremos solução para os estudantes que estão sem bolsa. Queremos uma resposta para isso, uma resposta imediata. Como vamos pensar um projeto para o futuro se no presente não funciona?”, questionou.

“É isso que precisamos: de investimento público para educação. É importante que tenha parceria, mas precisamos de política pública. A situação que ocorreu na UFMT não ocorria há 20 anos”, disse se referindo à Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em Cuiabá, que teve a luz cortada nesta terça-feira.

O ministro não respondeu às questões. Em seguida, convidou o estudante para acompanhar o anúncio, desde que não interrompesse novamente.

Veja também:  Hélio Negão é o candidato de Bolsonaro a prefeito no Rio

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum