Fórumcast #19
29 de julho de 2019, 18h54

Presidente ignora massacre em presídio no Pará, mas questiona por que morador de rua não foi baleado

“Um morador de rua esfaqueou duas pessoas no Rio de Janeiro. Agora, não tinha ninguém armado para dar um tiro nele?", disse o presidente

oto: Reprodução/Facebook

O presídio de Altamira, no Pará, foi palco nesta segunda-feira (29) do segundo pior massacre ocorrido dentro de uma penitenciária neste ano. Em vez de comentar o fato e lamentar as mortes dos 52 detentos que na rebelião, o presidente da República preferiu promover ainda mais o discurso de ódio.

Em um live no Facebook, onde apareceu cortando o cabelo, Jair Bolsonaro questionou o motivo de ninguém ter dado um tiro em Plácido Correa de Moura, morador de rua que, no final de semana, esfaqueou duas pessoas na zona sul do Rio de Janeiro. O presidente o acusou de ser usuário de droga.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

“Um morador de rua esfaqueou duas pessoas no Rio de Janeiro. Agora, não tinha ninguém armado para dar um tiro nele? Mas tudo bem. Estava drogado? Viciado em drogas. Tem de buscar solução para as coisas, né?”, disse.

Veja também:  Empresa acusada de ligação com clã Bolsonaro fechou acordo ilegal de energia com o Paraguai

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum