Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
12 de março de 2019, 21h48

“Presidente” Zé de Abreu institui o “Dia Nacional da Coincidência”

O ator, que segue na sua sátira de presidente autoproclamado do Brasil, ironizou a "coincidência" de um dos policiais presos sob a acusação de envolvimento no assassinato de Marielle morar no mesmo condomínio que Jair Bolsonaro

Zé de Abreu é aclamado em aeroporto após se "autoproclamar" presidente (Reprodução)

O ator José de Abreu, que segue sua militância de oposição ao governo Bolsonaro com a sátira de “presidente autoproclamado do Brasil”, ironizou na tarde desta terça-feira (12) a “coincidência” na prisão, mais cedo, dos policiais milicianos acusados de envolvimento no assassinado da vereadora Marielle Franco, há quase um ano.

Um dos policiais, Ronie Lessa, apontado como o autor do disparo que vitimou a vereadora e o motorista Anderson Gomes, foi preso em sua casa: um condomínio de luxo na Barra da Tijuca, o mesmo de Jair Bolsonaro.

Zé de Abreu, como é conhecido o ator, então, provocou: “Usando das prerrogativas do meu cargo de Presidente Autoproclamado, instituo hoje o DIA NACIONAL DA COINCIDÊNCIA”.

Amigo de milicianos 

A prisão dos dois policiais representa mais uma peça do quebra-cabeças para se chegar aos mandantes do assassinato de Marielle Franco e aproxima ainda mais a família Bolsonaro do crime.

Entre outras evidências, como a de que o filho mais novo de Bolsonaro teria namorado a filha do sargento reformado da PM que foi preso hoje, há o caso das homenagens a milicianos.

Conforme noticiado pelo jornalista Chico Otávio, o mesmo que deu o furo da prisão dos policiais e que foi atacado por Bolsonaro no Twitter, o então deputado estadual Flávio Bolsonaro condecorou, em 2003 e 2004, na Assembleia Legislativa do Rio, o ex-capitão do Bope Adriano Magalhães da Nóbrega e o major da PM Ronald Paulo Alves Pereira.

Alvos da Operação “Os Intocáveis, os dois são suspeitos de integrar o Escritório do Crime, um grupo de extermínio que estaria envolvido no assassinato da vereadora do PSOL, em março do ano passado.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum