Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
20 de dezembro de 2017, 17h29

Procuradora agride repórter da TV Band Triângulo, em Uberlândia. Vídeo

Quando o repórter tenta continuar a entrevista, Alice pega o microfone e dá tapas nas mãos dele: “Seu ordinário! Você não se atreva!”. Veja o vídeo aqui

Quando o repórter tenta continuar a entrevista, Alice pega o microfone e dá tapas nas mãos dele: “Seu ordinário! Você não se atreva!”. Veja o vídeo aqui

Da Redação*

Um repórter da TV Band Triângulo, afiliada da emissora em Uberlândia (MG), foi agredido pela procuradora jurídica da Câmara Municipal da cidade, Alice Ribeiro, durante uma entrevista sobre a suspensão do aumento de salário de 20% dos vereadores, aprovado na última semana pelos próprios políticos.

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

O jornalista Ricardo Martins perguntava sobre a situação e recebeu respostas ríspidas de Alice Ribeiro. Em determinando momento, ele questionou: “A senhora está com algum problema particular comigo?. “Nunca lhe vi”, disse a procuradora. O repórter, então, pergunta: “Por que age dessa maneira?”. Ela, então, diz: “Você é capcioso”.

Ao tentar continuar a entrevista, Alice pega o microfone e dá tapas nas mãos do repórter. “Seu ordinário! Você não se atreva!”, diz e se levanta. Sem entender o motivo, o repórter finaliza a matéria constrangido.

Em entrevista ao Metrópoles, Kelson Venâncio, diretor de Jornalismo da afiliada, disse que a entrevista seria feita com o presidente da Câmara, Alexandre Nogueira, no entanto, ele não apareceu. “Quando o Ricardo [Martins] chegou lá, estava a procuradora jurídica. Nós vamos entrar com um processo contra ela”, afirmou. A Câmara Municipal não se pronunciou sobre o caso.

*Com informações do Metrópoles

Foto: Reprodução TV Band Trângulo

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum