Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
20 de fevereiro de 2019, 06h23

Procuradora suíça diz que Paulo Preto, operador do PSDB, pagou “comissões ocultas” ao PCC

Diz o trecho do documento enviado à Procuradoria-Geral da República: "Verifica-se igualmente que Paulo Vieira de Souza teria pago comissões ocultas a pessoas vinculadas com uma organização chamada 'Primeiro Comando da Capital'"

Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

Reportagem de Graciliano Ramos e Tatiana Farah, no site BuzzFeed Brasil, nesta terça-feira (19) mostra trecho de documento do Ministério Público da Suíça que cita que Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, apontado como operador do PSDB, fez repasses de dinheiro à organização criminosa Primeiro Comando da Capital.

Datado de 17 de agosto de 2017, o ofício de cinco páginas, assinado pela procuradora suíça Graziella de Falco Haldeman, trazia os dados de quatro contas numeradas no banco Border & CIE, com sede em Genebra, em nome da offshore Groupe Nantes cujo controlador seria Paulo Preto.

Leia também: Paulo Preto é preso em operação da Lava Jato. Endereço ligado a Aloysio Nunes é investigado

No ofício, a procuradora Haldeman afirma que Paulo Vieira de Souza teria pago a pessoas vinculadas ao PCC. Diz o trecho: “Verifica-se igualmente que Paulo Vieira de Souza teria pago comissões ocultas a pessoas vinculadas com uma organização chamada ‘Primeiro Comando da Capital'”.

O ofício foi repassado à Procuradoria Geral da República e, de lá, a procuradores de São Paulo e do Paraná – no caso destes últimos, dando origem à fase deflagrada hoje da Lava Jato, que levou Paulo Preto para a cadeia nesta terça-feira.

Investigadores, no entanto, disseram ao site que pode ter sido um erro dos analistas suíços que instruíram a procuradora. “A organização criminosa dele é outra”, disse, com ironia, um investigador ao BuzzFeed News.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum