Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
17 de Maio de 2018, 12h13

Procuradoria-Geral pede rejeição de embargos e prisão de Eduardo Azeredo

Ex-governador tucano de Minas Gerais foi condenado a 20 anos e um mês de prisão por peculato e lavagem de dinheiro, acusado de ter desviado R$ 3,5 milhões de estatais

Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) marcou para a próxima terça-feira (22) o julgamento dos embargos declaratórios da defesa do ex-governador Eduardo Azeredo (PSDB). A Procuradoria-Geral de Justiça já encaminhou nesta quarta-feira (16) ao TJMG ofício pedindo a rejeição dos embargos de declaração de Azeredo e a sua prisão.

Caso seja indeferido, ele poderá ser detido e cumprir condenação a 20 anos e um mês de prisão. O tucano foi condenado, em 2015, por peculato e lavagem de dinheiro, acusado de ter desviado R$ 3,5 milhões em recursos de três estatais mineiras para custear gastos da campanha à reeleição em 1998.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum