Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
04 de outubro de 2018, 08h35

Professor de Yale e autor de livro sobre o assunto afirma que Bolsonaro usa táticas fascistas

Jason Stanley compara Trump a Bolsonaro, mas afirma: “o que distingue os dois é que o brasileiro se mostra mais favorável à violência”

Jason Stanley. Foto: Reprodução YouTube

O professor de Yale e filósofo americano Jason Stanley, autor do recém-lançado “How fascism works: the politics of us and them” (Como o fascismo funciona: as políticas do nós e eles), sem edição no Brasil, afirma que o presidenciável brasileiro Jair Bolsonaro (PSL) usa mais táticas associadas ao fascismo do que o presidente americano Donald Trump.

Para Stanley, o que distingue os dois é que o brasileiro se mostra mais favorável à violência.

O filósofo estuda o fascismo a partir do aspecto da propaganda e da linguística. Ele questiona se Bolsonaro seria um líder democrático posto que o candidato faz declarações que se opõem à democracia, como afirmar que não reconhecerá resultado diferente de sua vitória —algo depois minimizado. “A única realidade que o fascista vê é a sua própria”, diz.

“O Bolsonaro é assustador porque ele é abertamente antidemocrático. Fala abertamente em prender e matar os adversários.”

De acordo com Stanley, não reconhecer o resultado das eleições é outro indício do fascismo em Bolsonaro. “O fascista tem a sua própria realidade. Trata-se apenas da vitória. Se eles não ganharem, por definição é uma fraude. A realidade é irrelevante, e claro que é exatamente o que Donald Trump faz. Ele também só se importa com resultados”, disse.

O professor diz que, para combater o fascismo, em primeiro lugar, é preciso reconhecer o fascismo. “O fascismo tem como alvo esquerdistas, progressistas, comunistas e minorias. Há a tendência a se sentir seguro se você não pertence a um desses grupos. Mas o fascismo vai atrás de você também, pois o líder fascista persegue até os próprios apoiadores para se manter no poder”, concluiu.

Leia a entrevista completa na Folha


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum