quinta-feira, 29 out 2020
Publicidade

Promoções de procuradores federais explode no governo Bolsonaro

O número de promoções em 2020 teve alta de 649% em comparação com os anos anteriores

Apesar dos debates em torno da redução de custos com o funcionalismo público, que ganharam destaque a partir da apresentação da reforma administrativa pelo governo, as promoções de procuradores da Advocacia Geral da União (AGU) explodiram no mandato de Jair Bolsonaro.

Na última sexta-feira (18), 606 membros da carreira da Procuradoria Geral Federal (PGF) foram alçados ao topo da carreira. Além deles, um foi promovido para um cargo intermediário.

O número de profissionais promovidos é muito maior em relação aos anos anteriores. Em 2017, 76 procuradores subiram para o topo da carreira. Em 2018, foram 69. No ano passado, 81. O número de promoções neste ano teve alta de 649% em comparação com os anos anteriores. O levantamento é do Poder 360.

Com isso, quase 100% dos procuradores da PGF hoje estão no ápice de suas carreiras. Do total de 3.783 profissionais, 3.489 estão na categoria especial. Isso representa 92% do contingente total. Com as promoções, os salários passam a ser de R$ 27.303.

Luisa Fragão
Luisa Fragão
Jornalista.