PSOL aciona CPMI das Fake News por mentiras disseminadas por Kicis, Jordy e Eduardo Bolsonaro contra vítima de Covid

"Marcelo Biar foi mais uma vítima de ataques e fake news de bolsonaristas e deputados do PSL", diz trecho do documento

A Bancada do PSOL na Câmara dos Deputados protocolou nesta quarta-feira (29) um solicitação na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito das Fake News pedindo que sejam apurados as notícias falsas contra o professor e dirigente do PSOL no Rio de Janeiro, Marcelo Biar, que morreu no sábado (25) vítima de Covid-19.

Na ação, o partido aponta que a disseminação de notícias falsas contra Biar partiu do Jornal da Cidade Online – reconhecido por espalhar fake news – e foi propagada por deputados federais bolsonaristas como Carlos Jordy (PSL-RJ), Bia Kicis (PSL-DF) e Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). As mensagens diziam que Biar “torceu pelo vírus”.

“É possível notar que há sólidos indícios de que se trata de uma campanha de desinformação e difamação com eixo editorial, objetivos comuns, marcação de campo ideológico, rápida propagação a partir da mesma técnica de viralização, engajamento de pessoas conhecidas por disseminar notícias fraudulentas (como é o caso da deputada Bia Kicis e do Deputado Eduardo Bolsonaro) e uso de canais de comunicação notoriamente utilizados para criar e disseminar fake news, como é o caso do Jornal da Cidade”, diz trecho do documento que faz um raio-X das informações falsas divulgadas contra Biar.

“Marcelo Biar foi mais uma vítima de ataques e fake news de bolsonaristas e deputados do PSL. Trata-se de um modus operandi articulado pela extrema-direita no Brasil: destruir reputações a partir de falsas notícias, tal como foi feito com todos aqueles que foram considerados inimigos do governo Bolsonaro”, diz a bancada do PSOL.

Confira abaixo registros feitos pelo PSOL:

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR