Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
21 de julho de 2018, 16h59

PSOL oficializa candidatura de Boulos: “Ando com sem-teto, não com sem vergonhas”

Convenção do partido homologou, também, o nome da líder indígena Sônia Guajajara para compor a chapa como candidata à vice-presidência

Foto: Reprodução/Facebook Guilherme Boulos

Agora é oficial: Guilherme Boulos, líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), é o candidato à presidência da República pelo PSOL. A chapa, que tem a líder indígena Sônia Guajajara como vice, foi homologada na convenção deste sábado (21). “Perguntaram como eu quero ser presidente se ando do lado de sem-teto? Digo com muito orgulho que ando do lado de sem-teto, sem-terra, só não andamos ao lado dos sem vergonhas”, disse, em um trecho de seu pronunciamento.

Boulos voltou a defender o ex-presidente: “Esta candidatura condena e não aceita a prisão política de Lula. Não é uma questão de candidatura do Lula ou do PT, é uma questão de democracia”, afirmou.

Manteve, ainda, o discurso de união das esquerdas contra a retirada de direitos sociais e o projeto golpista. As propostas do candidato do PSOL visam o combate aos privilégios e à desigualdade social, além do aumento do investimento público, em contrapartida ao ajuste fiscal. Boulos defende, ainda, a realização de uma reforma tributária progressiva e maior atuação dos bancos públicos para calibrar os juros cobrados aos consumidores, segundo reportagem de Marcela Ayres, da Reuters.

Aos 36 anos, Boulos tem pregado a conciliação no segundo turno dos partidos eu integram o campo progressista. O objetivo é derrotar as siglas que apoiaram o impeachment de Dilma Rousseff. É um ferrenho defensor do ex-presidente Lula, alvo de uma injustiça.

Guilherme Boulos é paulista e filho de dois médicos e professores da Universidade de São Paulo (USP), formou-se em Filosofia na mesma instituição. Depois de ministrar aulas na rede pública de ensino estadual, deixou a casa dos pais e se mudou para a Ocupação Carlos Lamarca, do MTST, em Osasco, grande São Paulo. O MTST está presente hoje em 14 Estados do país, tendo realizado mais de 60 ocupações.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum