Fórumcast #20
06 de agosto de 2018, 17h50

PT entra com recurso na Justiça para que Lula participe do debate da Band

Após visitar o ex-presidente, o candidato a vice na chapa do PT, Fernando Haddad, informou que o registro de Lula no TSE será feito no dia 15 e, mesmo sob judice, sua candidatura goza das mesmas prerrogativas das demais que garantem sua participação em debates e entrevistas

Foto: Ricardo Stuckert

O ex-prefeito Fernando Haddad, escolhido para candidato a vice na chapa de Lula para a presidência, e a presidenta do PT, senadora Gleisi Hoffmann, visitaram o ex-presidente nesta segunda-feira (6) na superintendência da Polícia Federal em Curitiba e garantiram que o petista, preso em abril, terá sua candidatura registrada no dia 15 no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

De acordo com Gleisi, mesmo com a confirmação da chapa com o PCdoB e a escolha de Haddad para vice, o PT não desistiu da participação de Lula nos debates eleitorais. “Nós não desistimos do presidente estar presente nos debates. Ele é candidato, tem direito até uma decisão final da Justiça. O que estão fazendo com ele é ilegal”, afirmou.

O PT e o PCdoB sinalizaram, após o acordo fechado neste domingo (5), que em caso de impugnação da candidatura de Lula, Haddad assumiria a cabeça de chapa e Manuela D’Ávila (PCdoB) assumiria o posto de vice.

Ainda assim, segundo Haddad, mesmo que o PT consiga na Justiça que um representante – no caso o próprio Haddad – fale por Lula nos debates, o foco é garantir o direito do próprio ex-presidente participar dos debates, sabatinas e da própria campanha em si.

Veja também:  Porta-voz da Lava Jato, Antagonista diz que Lula pode ser "solto e inocentado na semana que vem"

“A partir do dia 15 o código eleitoral é claro, ele é candidato. E mesmo que sua candidatura for impugnada no prazo legal, a candidatura sob judice goza de todas as prerrogativas de qualquer candidatura, inclusive de participar de programas de rádio e TV”, explicou o ex-prefeito.

De acordo com Haddad, o PT apresentou no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), nesta segunda-feira (6), um recurso para que Lula possa participar do primeiro debate eleitoral, que será feito pela TV Bandeirantes nesta quinta-feira (9).

Campanha de “posicionamento”

Na mesma entrevista logo após visitar o ex-presidente, Gleisi Hoffmann afirmou que a campanha que será travada pela coligação PT / PCdoB / PROS / PCO terá a marca do “posicionamento”.

“É uma campanha de posicionamento, de lado. Não estaremos ao lado da Rede Globo, do mercado financeiro, das elites. Nosso lado é o povo”, afirmou.

Confira, abaixo, a íntegra da entrevista.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum