PT filia 12 prefeitos e se torna segundo partido com mais prefeituras no Ceará

O PT do Ceará conseguiu atrair prefeitos de 6 partidos, incluindo o PDT de Ciro Gomes

O Partido dos Trabalhadores do Ceará realizou um ato de filiação nesta quinta-feira (13) com 12 prefeitos do estado. O partido agora controla 29 das 184 prefeituras do Ceará.

Agregar para fortalecer! Filiamos, hoje, 12 prefeitos de cidades cearenses ao PT! Nosso partido está mais forte do que nunca e preparado para construir um palanque forte para Lula no Ceará. É admirável ver o compromisso e o afeto desses novos nomes. Viva o PT!”, disse o deputado federal José Guimarães (PT-CE) sobre o encontro.

Os 12 novos petistas se somam aos 17 prefeitos eleitos pela legenda em 2020 no estado – no último pleito foram eleitos 18 petistas para comandar os municípios do Ceará, porém Dinho Nunes, de Palhano, foi vítima da Covid-19 em 2021. Nunes foi homenageado no evento desta quinta.

Com as novas adesões, o PT ultrapassou o PSD (26) e se tornou o segundo partido com mais prefeituras no Ceará. Quatro dos 12 prefeitos vieram do PDT de Ciro Gomes, que controla mais de 60 prefeituras. O PT levou também o único gestor municipal que o PSOL elegeu no estado em 2020. Os demais vieram de PL, Republicanos, PCdoB, PSDB e MDB.

Essa migração fortalece o partido nas conversas para a composição de uma chapa para o governo estadual nas eleições de outubro. Atualmente o PT é quem governo o estado, com Camilo Santana. O governador, no entanto, possui uma relação muito próxima da família Ferreira Gomes, em especial do senador Cid Gomes (PDT).

O ex-presidente Lula defende candidatura própria no estado, enquanto parte da legenda acredita na manutenção de uma coligação com o PDT – que deve lançar Roberto Cláudio, ex-prefeito de Fortaleza na disputa. O deputado federal José Airton (PT-CE), um dos pré-candidatos do partido ao governo estadual, marcou presença no evento desta quinta.

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Lucas Rocha é formado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e cursa mestrado em Políticas Públicas na FLACSO Brasil. Carioca, apaixonado por carnaval e pela América Latina, é repórter da sucursal do Rio de Janeiro da Revista Fórum e apresentador do programa Fórum Global