Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
11 de junho de 2018, 22h06

PT pede à PGR detalhes sobre troca de e-mails entre FHC e Odebrecht

Líder do partido na Câmara, Paulo Pimenta disse que objetivos são dois: saber por que dados foram omitidos durante três anos e meio e abrir processo contra os responsáveis, por crime de prevaricação

Foto: Wilson Dias / Agência Brasil

Por Hylda Cavalcanti, na RBA

O PT protocolou nesta segunda-feira (11) pedidos na Procuradoria Geral da República (PGR) relacionados a informações sobre troca de mensagens entre o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC) e o empresário Marcelo Odebrecht. FHC teria pedido ajuda para a campanha de políticos do PSDB.

Em um deles, segundo o líder na Câmara, deputado Paulo Pimenta (PT-RS), a legenda quer saber se foi realizado inquérito sobre o caso e os motivos pelos quais isso nunca foi divulgado. O segundo solicita que seja aberta ação penal contra os policiais federais envolvidos na investigação e os procuradores responsáveis, para apurar eventual crime de prevaricação.

Pimenta considerou absurdo que essas informações tenham ficado durante três anos e meio nas mãos do Ministério Público Federal (MPF) – no caso, a troca de e-mails entre FHC e o empresário envolvido na operação Lava Jato – sem que nada tenha sido feito até hoje.

O parlamentar explicou que, mesmo que não tenha sido encontrado nada que incriminasse o ex-presidente, houve omissão por parte do poder público, ao não divulgar estes dados quando, contraditoriamente, tudo relacionado ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem sido amplamente divulgado pelos procuradores, nos últimos anos.

“Sem falar que fatos relacionados a Lula que depois terminaram sendo esclarecidos, mesmo assim foram vazados para a imprensa sem que o resultado das investigações tivesse sido concluído”, afirmou Pimenta.

“Só ficamos sabendo destes e-mails porque os advogados de defesa do ex-presidente Lula pediram para ter acesso à íntegra do processo da Lava-Jato. O Ministério Público jamais tomou providência para que o ex-presidente Fernando Henrique fosse investigado, o que mostra a seletividade do tratamento observado na condução da Lava Jato em relação a determinados políticos e em detrimento de outros”, destacou.

Continue lendo na Rede Brasil Atual.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum