terça-feira, 27 out 2020
Publicidade

Queiroz deixa prisão domiciliar e vai para hospital após decisão que pode recolocá-lo na cadeia

Fabrício de Queiroz deixou o apartamento onde cumpre prisão domiciliar, no Rio de Janeiro, na manhã desta sexta-feira (14) para ir ao hospital. Segundo informações do advogado, citado pela GloboNews, o ex-assessor de Flávio Bolsonaro Queiroz estaria se dirigindo ao hospital para fazer exames.

Queiroz pode voltar para a cadeia ainda nesta sexta após decisão do ministro Félix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que anulou o habeas corpus concedido pelo presidente da corte, João Otávio Noronha, que levou o ex-PM e a esposa, Márcia Aguiar, que estava foragida da Justiça, à prisão domiciliar.

A revogação já era dada como certa e a defesa de Queiroz chegou a pedir a mudança do relator do caso. A decisão vem após a revelação de repasses de 21 cheques de Queiroz à primeira-dama Michelle Bolsonaro e outros quatro por Aguiar.

No início do mês, a Procuradoria Geral da República (PGR) pediu a derrubada da liminar que permitiu a prisão domiciliar.

Segundo magistrado do STJ, na prisão, Queiroz e Márcia poderão firmar acordo de delação premiada, o que pode complicar a situação do clã presidencial. Um novo pedido de habeas corpus do casal, amigos de Jair Bolsonaro, está nas mãos de Gilmar Mendes, no Supremo Tribunal Federal (STF).

Plinio Teodoro
Plinio Teodoro
Plínio Teodoro Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.