Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
05 de setembro de 2019, 11h58

Queiroz demitiu ex-esposa de miliciano para proteger Flávio Bolsonaro, diz MP-RJ

Objetivo foi evitar vinculação entre o gabinete do filho do presidente com o homem apontado como chefe do Escritório do Crime, grupo de matadores suspeito de participação no assassinato de Marielle

Flávio Bolsonaro com o ex-assessor Fabrício Queiroz (Foto: Reprodução)

Investigações do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) mostram que Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, demitiu Danielle Mendonça da Costa da Nóbrega, ex-esposa de Adriano Magalhães da Nóbrega.

O objetivo foi evitar vinculação entre o gabinete do atual senador e filho de Jair Bolsonaro com o homem apontado pelo MP-RJ como o chefe do Escritório do Crime, grupo de matadores profissionais e suspeito de participação no assassinato de Marielle Franco (PSOL).

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

Segundo o MP-RJ, no dia 6 de dezembro de 2018, Queiroz comunicou por Whatsapp a Danielle que ela havia sido exonerada do gabinete de Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

Neste dia foi tornado público que o ex-assessor de Flávio era alvo de investigação por movimentações milionárias.

A íntegra da conversa foi retirada do celular de Danielle, apreendido pelo Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MP-RJ, durante a Operação “Os Intocáveis”, em janeiro de 2019.

Confirmação

De acordo com informações de O Globo, Queiroz confirmou o contéudo e afirmou, por intermédio dos seus advogados, que “tais diálogos tinham como objetivo evitar que se pudesse criar qualquer suposição espúria de um vínculo entre ele e a milícia”.

Flávio Bolsonaro já homenageou o ex-capitão do Bope, Adriano Magalhães da Nóbrega, na Alerj. As investigações da Polícia Civil do Rio indicam que há ligações entre a facção e o assassinato de Marielle Franco.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum