terça-feira, 22 set 2020
Publicidade

Queiroz pagou R$ 8 mil em home theater para apartamento onde cumpre prisão domiciliar

Durante o tempo em que foi abrigado pelo advogado Frederick Wassef, ex-advogado de Flávio e Jair Bolsonaro, no sítio em Atibaia, Fabrício Queiroz cuidou de preparar o apartamento onde atualmente cumpre prisão domiciliar instalando um home theater no valor de R$ 8,4 mil.

No total, o ex-assessor de Flávio Bolsonaro, acusado de comandar o esquema de rachadinha, pagou R$ 50,1 mil para mobiliar dois quartos, dois banheiros, sala e cozinha do apartamento na Rua Meringuava, na zona Oeste do Rio de Janeiro, onde cumpre prisão domiciliar ao lado da esposa, Márcia Aguiar.

Segundo informações de Arthur Guimarães e Felipe Freire, no portal G1 neste sábado (24), a compra foi feita no dia 5 de julho do ano passado. A reforma nos quartos custou R$ 24 mil. Para a cozinha, foram R$ 11,4 mil.

Segundo a reportagem, Queiroz, que está desempregado desde 15 de outubro de 2018, quando foi exonerado do cargo que ocupava no gabinete de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), pagou R$ 30 mil de entrada. O restante foi parcelado e pago parte em dinheiro e parte em boletos.

Segundo os investigadores, Queiroz teria uma renda oficial de cerca de R$ 11 mil mensais, recebidos por ser policial militar aposentado. Ou seja, a compra total teve valor cerca de cinco vezes maior do que os rendimentos dele.

Plinio Teodoro
Plinio Teodoro
Plínio Teodoro Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.