Fórumcast, o podcast da Fórum
17 de abril de 2019, 17h49

“Quem destruiu o Brasil foram os professores de filosofia, direito e ciências sociais”, ataca Olavo de Carvalho

O “guru” da família Bolsonaro ainda ameaça: “Essa gente tem de ser desmascarada por completo, e o será, pouco importando a sua superioridade numérica”

Foto: Reprodução/YouTube

O “guru” da família Bolsonaro, Olavo de Carvalho, usou sua página no Facebook para destilar seu ódio e atacar professores de algumas áreas específicas.

“Quem DESTRUIU o Brasil foram os professores de filosofia, direito e ciências sociais. Essa gente tem de ser desmascarada por completo, e o será, pouco importando a sua superioridade numérica”, postou.

Em seguida, fez outra publicação, bem mais amena, elogiando a professora de sua mãe, que não reclamava do salário.

“Minha mãe sempre falava com carinho da sua professora de escola primária, Dona Simira, que dava a vida pelos alunos e nunca reclamou do salário. Só com a instrução que recebeu dela, Dona Nice escrevia em português correto, com uma caligrafia maravilhosa, e fazia tudo quanto é conta de cabeça até o último dia dos seus 99 anos de vida”.

Mais força

Em que pese os comentários desse tipo, Olavo de Carvalho voltou a ganhar força no Ministério da Educação. O novo ministro, Abraham Weintraub, faz parte do grupo dos seguidores do astrólogo.

Olavo de Carvalho havia se enfraquecido durante a gestão de apenas três meses do ex-ministro Ricardo Vélez Rodríguez. O retorno dos “olavistas” à pasta ocorre, principalmente, para cargos de caráter técnico.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum