Fórumcast, o podcast da Fórum
20 de junho de 2019, 19h01

“Quem manda sou eu”, diz Bolsonaro após Marcha para Jesus

Jair Bolsonaro deu uma declaração polêmica sobre edição de medida provisória que devolve a demarcação de terras indígenas ao Ministério da Agricultura e ainda atacou jornalistas: "Que que vocês estão querendo? A imprensa aqui é Lula livre, é isso?"

O presidente Jair Bolsonaro, após participação na Marcha para Jesus nesta quinta-feira (20), deu uma declaração polêmica sobre edição de medida provisória que devolve a demarcação de terras indígenas ao Ministério da Agricultura e ainda atacou jornalistas que o questionavam sobre Sérgio Moro.

“Quem demarca terra indígena sou eu! Não é ministro. Quem manda sou eu. Nessa questão, entre tantas outras. Eu sou um presidente que assume ônus e bônus”, afirmou Bolsonaro em coletiva de imprensa.

A declaração veio um dia depois do MPF se manifestar contra a reedição da MP, que colocou novamente sob responsabilidade do Ministério da Agricultura a função de demarcar as terras indígenas, antes sob responsabilidade do Ministério da Justiça.

Na coletiva, o presidente também atacou jornalistas que faziam perguntas sobre Sérgio Moro: “O Sérgio Moro é um patrimônio nacional. Que que vocês estão querendo? Vocês querem voltar ao que era antes? A imprensa aqui é Lula livre, é isso? É Lula livre, é o bandido livre? Condenado por três instâncias. Pelo amor de Deus, vamos ser coerentes. Por isso cada vez mais a imprensa cai em descrédito no Brasil. Pelo amor de Deus, pô.”

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum