Ramos diz que não sabia de demissão na Casa Civil: “Fui atropelado”

O general deve perder o posto para Ciro Nogueira (PP)

O ministro da Casa Civil, general Luiz Eduardo Ramos, disse que não sabia que seria removido do cargo para o presidente Jair Bolsonaro abrigar o centrão. O presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira (PI), deve comandar a Casa Civil.

“Eu não sabia, estou em choque. Fui atropelado por um trem, mas passo bem”, disse o ministro, em tom bem humorado, à jornalista Eliane Cantanhêde, do Estado de S. Paulo.

Principal articulador da cooptação do centrão pelo governo, Ciro Nogueira disse a aliados nesta quarta-feira (21) que assumirá a Casa Civil na reforma ministerial anunciada por Bolsonaro. A mudança deve ocorrer já na próxima segunda-feira (26).

O PP atualmente comanda a presidência da Câmara, com Arthur Lira (PP-AL), e a liderança do governo na casa, com Ricardo Barros (PP-PR). Barros foi acusado na CPI do Genocídio de estar envolvido em suposto caso de corrupção na compra da vacina Covaxin pelo Ministério da Saúde.

Bolsonaro ainda não comentou sobre as especulações.

Notícias relacionadas

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Lucas Rocha é formado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e cursa mestrado em Políticas Públicas na FLACSO Brasil. Carioca, apaixonado por carnaval e latino-americanista convicto, é repórter da sucursal do Rio de Janeiro da Revista Fórum e apresentador do programa Fórum América Latina

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR