Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
03 de dezembro de 2019, 10h12

Reclamação contra Deltan Dallagnol por palestra é arquivada por corregedor do CNMP

Conversas divulgadas pela Folha e The Intercept revelam que Dallagnol recebeu R$ 33 mil para dar uma palestra na empresa Neoway

Foto: Reprodução/YouTube

Reclamação apresentada pelo deputado Paulo Teixeira (PT-SP) contra Deltan Dallagnol por realização de palestra foi arquivada pelo corregedor nacional do CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público), Rinaldo Reis Lima.

Para o corregedor não há sinais de que Deltan tenha participado da negociação sobre acordo de colaboração e que ainda declarou-se suspeito e se afastou do caso.

Não é sócio Fórum? Quer ganhar 3 livros? Então clica aqui.

Teixeira pediu investigação sobre a conduta do procurador após mensagens divulgadas pela Folha e pelo The Intercept mostrarem que Deltan deu palestra à empresa Neoway Tecnologia, citada em delação de lobista envolvido no pagamento a políticos do MDB.

Relembre o caso

Conversas divulgadas pela Folha de S.Paulo em parceria com o site The Intercept revelam que o procurador chefe da Lava Jato, Deltan Dallagnol, recebeu R$ 33 mil para dar uma palestra na empresa Neoway, citada em delação da Lava Jato por supostamente buscar vantagens para assinatura de contratos com a Petrobras.

“Isso é um pepino pra mim. É uma brecha que pode ser usada para me atacar (e a LJ), porque dei palestra remunerada para a Neoway, que vende tecnologia para compliance e due diligence, jamais imaginando que poderia aparecer ou estaria em alguma delação sendo negociada”, disse Deltan em conversa com procuradores, quatro meses após a palestra.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum