Fórumcast, o podcast da Fórum
29 de maio de 2019, 08h23

Rede TV faz sensacionalismo em entrevista de Eduardo Bolsonaro a Luciana Gimenez para divulgar reforma

No título, o vídeo anuncia: "Se eu fosse gay, meu pai nunca me deserdaria", afirma Eduardo Bolsonaro. Mas o conteúdo é todo relacionado à reforma da Previdência, primeiramente com explicações do filho de Jair Bolsonaro (PSL) e depois com a própria apresentadora, que é garota-propaganda da proposta governista

Nome sensacionalista engana mecanismos de busca, como o Google (Reprodução)

A Rede TV! fez uma chamada sensacionalista em um dos vídeos da entrevista que o deputado federal, Eduardo Bolsonaro (PSL/SP), deu a apresentadora Luciana Gimenez, na noite desta terça-feira (28).

No título, o vídeo anuncia: “Se eu fosse gay, meu pai nunca me deserdaria”, afirma Eduardo Bolsonaro. Mas o conteúdo é todo relacionado à reforma da Previdência, primeiramente com explicações do filho de Jair Bolsonaro (PSL) e depois com a própria apresentadora, que é garota-propaganda da proposta governista.

O nome sensacionalista é replicado na URL do vídeo, o endereço eletrônico que é varrido por mecanismos de buscas na internet, como o Google. Dessa forma, se uma pessoa buscar por palavras como “gay” e “Bolsonaro” são levadas ao link, que faz a propaganda da reforma.

Assista aqui

No vídeo, de quase 6 minutos, Eduardo é instigado a comentar a afirmação: “se a reforma não for aprovada o país vai quebrar”. O filho de Bolsonaro diz que “essa é uma realidade” e faz explicações sobre o tema.

Logo depois, a apresentadora entra dizendo que é “muito importante sua explicação”, enquanto aparece um selo da chamada “Nova Previdência”. Luciana Gimenez, então, diz que vai explicar alguns “pontos” da reforma, lendo um texto no teleprompter.

 

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum