domingo, 20 set 2020
Publicidade

Vice-reitor da Unesp: “Gostaria de assumir, com orgulho, a condição de pirralho e energúmeno”; veja vídeo

Em discurso no Conselho Universitário na manhã desta quarta-feira (18), o vice-reitor da Universidade Estadual Paulista (Unesp), Sergio Roberto Nobre, fez uma defesa enfática da política de inclusão social promovida pela instituição pública e alertou para a “intolerância” fortalecida pela política vigente, em crítica direcionada ao governo Jair Bolsonaro.

“Para finalizar, eu gostaria de assumir, com muito orgulho, a condição de pirralho e energúmeno, em defesa do meio ambiente e da educação”, discursou o vice-reitor, finalizando sua fala.

Sergio Nobre citou ainda a agressão sofrida pelo professor Juarez Xavier, do curso de Jornalismo da Unesp, que foi apunhalado com golpes de canivete após ter sido xingado de “macaco” no Dia da Consciência Negra, em Bauru, no interior de São Paulo.

“Atitudes racistas como a que aconteceu com o professor Juarez é apenas sinal do que nos aguarda, pois a política vigente com seus claros sinais fortalece atitudes de intolerância individuais e coletivas, sejam elas quais forem”, disse o vice-reitor.

Assista

Reportagem atualizada às 13h38 com o cargo correto de Sérgio Roberto Nobre, que é vice-reitor da Unesp e não reitor, como informado anteriormente

Plinio Teodoro
Plinio Teodoro
Plínio Teodoro Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.