Renan Calheiros diz que Bolsonaro “inaugura obra já inaugurada” e responde a ataque com placa de mortos por Covid-19

Relator da CPI foi chamado de "vagabundo" pelo presidente durante "inauguração" de viaduto em Maceió. Obra está aberta ao público desde dezembro 2020

O relator da CPI (CPI) da Covid-19, Renan Calheiros (MDB-AL) ironizou a visita do presidente Jair Bolsonaro a Maceió, nesta quinta-feira (13), para “inaugurar’ um viaduto que está aberto ao público desde dezembro de 2020. O senador também criticou o mandatário por ataques feitos a ele no evento.

“O presidente da República embarcou para Alagoas, em avião presidencial, para inaugurar obras já inaugurada, e para me atacar pessoalmente – como ontem fez seu filho – e para atacar essa Comissão Parlamentar de Inquérito”, disse o relator durante a comissão.

“A minha resposta ao presidente é essa aqui, esse número”, completou Renan, apontando para a placa que adotou para a sua identificação na comissão. Ela cita os 468 mil mortos por Covid-19 na pandemia.

Em viagem a Maceió, Bolsonaro fez eco às palavras de seu filho, senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), e chamou o relator da CPI de “vagabundo”.

“Sempre tem algum picareta, vagabundo querendo atrapalhar. Se Jesus tem o seu traidor, temos um vagabundo inquerindo pessoas de bem no nosso país. É um crime o que vem acontecendo com essa CPI”, disse o presidente.

Avatar de Luisa Fragão

Luisa Fragão

Jornalista.