Fórumcast, o podcast da Fórum
18 de setembro de 2018, 22h03

Renan Calheiros é absolvido pela Segunda Turma do STF da acusação de peculato

Senador era acusado por suspeita de desviar dinheiro; a fraude teria ocorrido quando ele tentou justificar recursos para pagar pensão da filha

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Por unanimidade, ou seja, 4 votos a 0, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) foi absolvido, nesta terça-feira (18), pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF). A acusação era de peculato (apropriação de dinheiro público). As informações são de Mariana Oliveira e Luiz Felipe Barbiéri, no G1.

Três ministros compreenderam que não havia provas para condenação do senador: Edson Fachin, Celso de Mello e Ricardo LewandowskI. O ministro Gilmar Mendes considerou que não houve crime. Cármen Lúcia, que deixou a presidência da Corte e também integra a Segunda Turma, não participou de sessão.

Em nota divulgada depois do resultado, Renan afirmou que o resultado o fez “acreditar na Justiça e seguir em frente”. A ação penal foi aberta a partir do caso Mônica Veloso. Em 2007, o Calheiros foi alvo de acusações de que uma empreiteira pagava a pensão da filha que ele teve com a jornalista. À época, o parlamentar respondeu processo no Conselho de Ética e renunciou à presidência do Senado.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum