Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
03 de dezembro de 2019, 19h51

Renan Calheiros vira réu na Lava Jato por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

A Segunda Turma do STF aceitou denúncia da Procuradoria-Geral da República contra o senador; defesa diz que ele é alvo de perseguição

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) se tornou réu em processo relacionado à Operação Lava Jato. A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) tomou a decisão nesta terça-feira (3). O emedebista é acusado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

A Segunda Turma aceitou denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o senador. Está é a primeira vez que o Calheiros vira réu na Lava Jato.

Não é sócio Fórum? Quer ganhar 3 livros? Então clica aqui.

No entanto, a aceitação da denúncia não representa condenação. O próximo passo é a abertura de uma ação penal para investigar as acusações.

A defesa do parlamentar nega os crimes. Luís Henrique Machado, advogado do senador, afirma que ele é alvo de perseguição.

“Nos três capítulos da denúncia que transcrevemos, Sérgio Machado não se lembra de ter pedido propina à NM Engenharia. Ou seja, o próprio Sérgio Machado não se lembra, e agora o MP vir apresentar denúncia é deixar a defesa pasma. A PF é peremptória ao dizer que não há elementos para sustentar a denúncia”, afirmou.

Sérgio Machado é o ex-presidente da Transpetro, subsidiária da Petrobras.

A denúncia

Calheiros foi denunciado em agosto de 2017 por suspeita de receber, entre 2008 e 2010, R$ 1,8 milhão por intermédio de diretórios do MDB e PSDB em Aracaju, Alagoas e Tocantins.

De acordo com a Procuradoria, em troca de receber valores da NM Engenharia, o senador mantinha no cargo de presidente da Transpetro Sérgio Machado.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum