Renan compara Véio da Havan com Coringa e diz que CPI não é picadeiro

O empresário Luciano Hang vai depor na comissão na quarta-feira

O senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI do Genocídio, reagiu nesta segunda-feira (27) ao vídeo em que o empresário bolsonarista Luciano Hang, dono das lojas Havan, provoca a comissão. Hang aparece de algemas desafiando os parlamentares a prende-lo.

“Luciano Hang ensaia pastelão para encenar na CPI. Não adianta; só houve um Joaquin Phoenix no papel do Coringa e não há como imitá-lo”, ironizou Calheiros no Twitter.

“Terá que comparecer quarta-feira, dentro das regras do Senado, e responder pelos crimes de que é acusado. Ali não é picadeiro”, completou.

Com depoimento marcado na CPI para quarta-feira, Hang provocou os integrantes da comissão ao gravar um vídeo usando algemas e desafiando: “que me prendam”.

“Se por acaso eles não aceitarem aquilo que vou falar, já comprei… Para não gastar dinheiro com algema, já comprei uma algema, vou entregar uma chave para cada senador. E que me prendam”, disse.

A convocação está relacionada com as investigações sobre a Prevent Sênior. A mãe do empresário, Regina Hang, falecida em fevereiro após complicações da Covid, era cliente do plano de saúde. Reportagem da TV Globo mostrou que a Prevent não informou a causa da morte de Regina no atestado de óbito.

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Lucas Rocha é formado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e cursa mestrado em Políticas Públicas na FLACSO Brasil. Carioca, apaixonado por carnaval e pela América Latina, é repórter da sucursal do Rio de Janeiro da Revista Fórum e apresentador do programa Fórum Global

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR