Fórumcast, o podcast da Fórum
18 de janeiro de 2019, 06h11

Responsável por disparos de fake news na campanha de Bolsonaro ganha cargo no Planalto

Taíse de Almeida Feijó, ex-funcionária da agência AM4, será assessora do secretario-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, com salário de R$ 10,3 mil.

Reprodução

Reportagem de Leandro Prazeres, na edição desta sexta-feira (18) da Folha de S.Paulo, informa que Taíse de Almeida Feijó, funcionáriaa da agência de comunicação AM4 que contratou disparos em massa de mensagens de WhatApp para a campanha presidencial de Jair Bolsonaro (PSL) foi nomeada para um cargo comissionado no Palácio do Planalto, com salário de R$ 10,3 mil.

Taíse será assessora da Secretaria-Geral da Presidência, comandada pelo ex-presidente do PSL, Gustavo Bebianno. A nomeação foi feita no Diário Oficial da União na segunda-feira (14).

Taíse era a funcionária responsável pela contratação das mensagens enviadas por meio do WhatsApp pela agência AM4. De acordo com o TSE, a AM4 recebeu R$ 650 mil para atuar na campanha de Bolsonaro.

Fórum terá um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Em nota, o órgão comandado por Bebianno respondeu que a nomeação de Taíse se deu por “critérios técnicos, após avaliação curricular e entrevista”.

Veja também:  "Bolsonaro imita Trump, um dos piores exemplos no mundo", diz empresário Lawrence Pih

Em 18 de outubro, antes do segundo turno das eleições, reportagem de Patrícia Campos Mello, na Folha de S.Paulo, revelou que empresários gastaram até R$ 12 milhões para impulsionar fake news pró Bolsonaro no Whatsapp.

Um dos sócios de empresa AM4, denunciada no esquema fake news de Bolsonaro, Alexandre Martins foi candidato a deputado federal pelo PSL-RJ. Outro sócio, Marcos Aurélio Carvalho, chegou a fazer parte da equipe de transição do governo.

Leia a reportagem na íntegra.

Agora que você chegou ao final deste texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum