#Fórumcast, o podcast da Fórum
15 de outubro de 2019, 20h49

Reunião secreta entre Deltan e bancos teve participação de investigados na Lava Jato

JP Morgan, Morgan Stanley, Merrill Lynch, Citibank, Itaú e Bradesco, investigados por danos à Petrobras, participaram de encontro com Deltan Dallagnol meses antes das eleições de 2018

Foto: Reprodução/YouTube

Segundo reportagem de Pedro Canário para o Consultor Jurídico, a conversa secreta promovida pela corretora XP Investimentos entre procurador Deltan Dallagnol e banqueiros contou com a participação de investigados na Lava Jato. O evento aconteceu quatro meses antes das eleições de 2018 e discutiu o cenário político e a Lava Jato.

JP Morgan, Morgan Stanley, Merrill Lynch, Citibank, Itaú e Bradesco aparecem tanto na lista de presentes na reunião revelada pelo Vaza Jato em julho quanto na lista de réus de ação coletiva contra a Petrobras nos EUA. O encontro aconteceu em 13 de junho de 2018 e o tema era eleição e Lava Jato.

Durante o período que esteve em São Paulo, Dallagnol teve à disposição um motorista particular, além de ter passagem aérea e hospedagem bancados pelo evento.

Unidos contra a Corrupção

Deltan afirma que não houve conflito de interesse. Segundo a assessoria do MPF do Paraná, em nota enviada para o ConJur, o encontro com os bancos em São Paulo não discutiu a ação e tratou apenas da “pauta anticorrupção”.

“Na ocasião, o procurador tratou de informações de domínio público e não abordou o tema da class action [ação coletiva, nos EUA]. Dadas as circunstâncias descritas, especialmente a gratuidade do encontro e o tema abordado, não há qualquer sombra de conflito de interesses na referida atividade”, afirmou o MPF.

Ainda segundo o MP, os bancos estavam ali para participar da campanha “Unidos contra a Corrupção”, que servia como plataforma política para Deltan Dallagnol se lançar nas eleições de 2018, o que acabou não ocorrendo.

Confira a reportagem completa no ConJur.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum