Fórumcast, o podcast da Fórum
22 de agosto de 2019, 18h01

Revoltada com fake news, Luisa Mell sai em defesa da Amazônia e critica governo Bolsonaro

A ativista da causa animal questionou seguidores que compartilhavam fake news sobre a Amazônia e alertou para o cenário de destruição; "As pessoas estão loucas, vocês estão cegos"

Reprodução/Instagram

A ativista da causa animal Luisa Mell usou seu Instagram, nesta quinta-feira (22), para criticar a política ambiental do governo Bolsonaro. Ela ainda reclamou de bolsonaristas que a atacaram com notícias falsas sobre a situação da Amazônia e compartilhou a convocação dos protestos que acontecerão em todo Brasil nos próximos dias.

“As pessoas estão loucas, vocês estão cegos. Sério, esse negócio de que a mídia é esquerdista e que vocês ficam se informando por WhatsApp, o negócio tá ficando muito perigoso nesse país”, afirmou Luisa Mell sobre um seguidor que a atacou após ela divulgar dados do Inpe sobre o desmatamento no Brasil.

O seguidor disse que “dados do Inpe e da Nasa mostram que o desmatamento está diminuindo”, deixando a ativista irritada. “Cara, sério? Ele [Bolsonaro] demitiu o diretor do Inpe porque não queria que o cara divulgasse os dados que mostravam que o desmatamento aumentou MUITO esse ano. Pelo amor de deus, acordem!”, declarou. “Vocês estão se informando por onde?”, questionou.

Mell ainda convocou a população às ruas. “Vamos mostrar que essa política ambiental do Bolsonaro o povo não aceita! A gente não aceita essa destruição toda”, completou.

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum