sexta-feira, 30 out 2020
Publicidade

Ricardo Salles em vídeo diante de pequena fogueira: “muita garra para acabar com incêndios”

Total de focos de incêndio no Pantanal bateu recorde histórico neste ano, sob o governo Bolsonaro, com Salles à frente do Ministério do Meio Ambiente

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, postou em suas redes sociais, nesta quinta-feira (24), um vídeo diante de uma pequena fogueira, na região das queimadas, próximo à cidade de Poconé, no Mato Grosso, onde avisa que foi acompanhar o bravo trabalho dos brigadistas do Ibama do ICMBIO.

“Nossa vinda ao Pantanal (MT) com reconhecimento ao bravo trabalho dos nossos centenas de brigadistas do IBAMA e ICMBIO, apoiados por aviões, helicópteros e viaturas federais.”

Recorde

O total de focos de incêndio no Pantanal bateu recorde histórico neste ano, sob o governo Bolsonaro, com Ricardo Salles à frente do Ministério do Meio Ambiente.

Em boletim publicado na semana passada, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) divulgou que identificou 14.764 focos. Os dados vêm desde 1998 e se referem ao período do ano até o dia 13 de setembro.

O número é 214% maior do que os 4.699 registrados no mesmo período do ano passado, que já tinha sido o mais alto desde 2012.

Bolsonaro culpa indígenas e caboclos

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) culpou indígenas, caboclos, imprensa e ONGs pelas queimadas na Amazônia e Pantanal e pelas consequências da pandemia de coronavírus durante seu discurso na Assembleia Geral das Organização das Nações Unidas (ONU), nesta terça-feira (22).

Julinho Bittencourt
Julinho Bittencourt
Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.