Roberto Dias Ferreira: Quem é o ex-chefe de Logística do Ministério da Saúde citado pelo PM Dominghetti Pereira?

CPI ouve ex-diretor do Ministério da Saúde acusado de pedir propina. Siga ao vivo

Roberto Dias Ferreira, o ex-chefe de Logística do Ministério da Saúde, será ouvido nesta quarta-feira, 07, na CPI da Pandemia da Covid-19, após ter sido citado no depoimento do policial militar Luiz Paulo Dominguetti Pereira, que acusou Dias de pedir propina de US$ 1 por dose da vacina AstraZeneca. Dias nega as acusações.

A denúncia foi feita por Dominguetti, que se apresenta como representante da empresa Davati Medical Supply, com sede nos Estados Unidos. Em depoimento à CPI, ele afirmou ter recebido um pedido de propina para a compra de 400 milhões de doses do imunizante.

Exonerado da Diretoria de Logística do Ministério da Saúde após a acusação pelo governo federal, Dias foi aconselhado por parlamentares aliados a não atacar o governo hoje na CPI da Covid.

Indicado ao cargo por Ricardo Barros (PP-SC), líder do Governo na Câmara


Indicado pelo deputado Ricardo Barros (PP-PR), líder do governo na Câmara, Roberto Ferreira Dias ocupava um cargo comissionado (DAS 101.5) no Ministério da Saúde desde o dia 8 de janeiro de 2019, durante a gestão do ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (DEM), sendo desligado no último dia 30 de junho.  

Anteriormente, o servidor do Ministério da Saúde Luis Ricardo Miranda, já havia denunciado a pressão de Dias para aprovar a importação da vacina indiana Covaxin com um faturamento de 1000% além da oferta original.

Em nota divulgada à imprensa, o ex-chefe de Logística do ministério negou ter solicitado quaisquer vantagens ilícitas. A expectativa é de que Dias responda aos questionamentos dos senadores, na tentativa de limpar sua imagem, mas sem complicar (ainda mais) o governo do presidente Jair Bolsonaro.

Vamos descobrir hoje se ele conseguirá ou não atingir seu objetivo.

Os requerimentos para a convocação foram apresentados pelos senadores Humberto Costa (PT-PE) e Otto Alencar (PSD-BA).

Publicidade
Avatar de Eduardo Lima

Eduardo Lima

Jornalista, Redator Publicitário, Editor Web e SEO

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR