Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
12 de dezembro de 2019, 10h11

Rodrigo Maia comemora privatização da água e apanha nas redes

Nesta quarta-feira (11), Câmara aprovou o texto-base do projeto que estabelece o marco legal do saneamento básico, que abre caminho para a privatização da água

Rodrigo Maia - Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), recebeu uma enxurrada de críticas ao comemorar em publicação no Twitter nesta quarta-feira (11) a aprovação do texto-base do projeto que estabelece o marco legal do saneamento básico, que abre caminho para a privatização da água.

“A expectativa é que os investimentos privados cheguem a R$ 600 bilhões. A população não aguenta mais esperar a solução de um problema que já deveria ter sido resolvido no século passado”, escreveu o deputado ao comemorar a aprovação do projeto.

O deputado virou alvo de críticas dos seguidores, que condenaram a privatização da água.

“Privatizando a água que nem no Chile. Lindo de se ver”, comentou Yasmim Almeida. “Vai continuar sem saneamento e agora sem água. A não ser que arranjem um jeito de lucrar com cocô”, tuitou outra seguidora.

“A questão é: a população vai poder pagar ou vai ser explorada pelos investimentos privados como é na telefonia por exemplo?”, indagou Fernanda Cirelli.

Privatização
Por 276 votos a 124, a Câmara dos Deputados aprovou, na noite desta quarta-feira (11), o texto-base do projeto que estabelece o marco legal do saneamento básico. A proposta determina novas regras para o setor e abre caminho para a exploração do serviço pela iniciativa privada. Em resumo, os deputados aprovaram a privatização da água.

Veja mais repercussões

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum