Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
28 de dezembro de 2019, 08h14

Rodrigo Maia diz que Congresso conteve ímpeto autoritário de Bolsonaro

"O Congresso Nacional congelou a tensão provocada por uma pauta conservadora na área dos costumes", afirma o presidente da Câmara

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em artigo publicado na Folha de S. Paulo neste sábado (28), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), afirma que o Congresso Nacional atuou como “moderador” do ímpeto autoritário do presidente Jair Bolsonaro e “congelou” pautas conservadoras de seu governo.

“Ao desempenhar o papel de moderador do ativismo legal de um governo que nem sempre escutou de forma ampla as diferentes vozes da sociedade num Brasil que é mosaico de culturas, de religiões, de credos, de etnias e de gêneros, o Congresso Nacional congelou (e também refreou) a tensão provocada por uma pauta conservadora na área dos costumes”, afirma Maia.

“A coragem dos líderes no Parlamento, que tomaram a frente da resistência a um processo fadado a destruir pontes de diálogo historicamente construídas por organizações e entidades da sociedade civil, tem de ser enxergada como legado positivo de 2019”, diz em outro trecho.

De acordo com ele, o governo de Bolsonaro protagonizou diversos retrocessos, principalmente com relação ao desmatamento da Amazônia e do Pantanal, ou nos ataques à Cultura. O presidente da Câmara afirma, no entanto, que a “sociedade se organizou” para dar novos rumos às decisões do governo e de quem “tentou ler o resultado das urnas de 2018 com lentes muito particulares e sob prismas unipessoais”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum