Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
17 de julho de 2018, 08h20

Rodrigo Maia usa voo da FAB para fazer reunião política

Maia estava no Rio e foi para São Paulo para conversas com Ciro Gomes e uma reunião com o “Centrão”

Rodrigo Maia (RJ), presidente da Câmara dos Deputados e presidenciável do DEM, usou avião da Força Aérea Brasileira (FAB) para ir à reunião do Centrão em São Paulo no sábado. A reportagem do Valor Econômico informa que Maia estava no Rio e foi para São Paulo para conversas com Ciro Gomes (PDT-CE), e com lideranças do blocão para definir quem o grupo político apoiará na eleição presidencial.

O voo de Maia saiu do Rio de Janeiro às 8h05 e chegou em Congonhas às 9h com nove passageiros, segundo registro da FAB publicado na internet. O motivo do voo oficial foi descrito como “serviço”.

Na volta, Maia pegou outro voo com nove passageiros, que deixou São Paulo às 17h35 e chegou à capital fluminense às 18h20, local de residência permanente dele.

Rodrigo Maia e lideranças do Centrão – grupo composto pelo DEM, PP, PRB e SD – reuniram-se na manhã de sábado (14) com Ciro na casa do empresário Benjamin Steinbruch (PP). No encontro, o presidenciável do PDT acenou com possíveis mudanças em suas propostas, sobretudo na área econômica.

A assessoria do presidente da Câmara afirmou que Maia foi a São Paulo para “uma reunião, um almoço, já agendado com empresários”.

A agenda oficial de Maia, também disponível para acesso pela internet, não registra nenhum compromisso no fim de semana. A assessoria do presidente da Câmara afirmou que não costuma divulgar as “agendas reservadas”.

Segundo a FAB, as aeronaves podem ser solicitadas por autoridades em casos de “motivo de segurança, emergência médica e viagens a serviço”. O presidente da República, o vice-presidente, os presidentes da Câmara, Senado e do Supremo Tribunal Federal (STF) também podem usar os voos da FAB para o local de residência permanente.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum