Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
08 de março de 2019, 06h15

Saiba quem é a pessoa que aparece em vídeo compartilhado por Bolsonaro

A performance tuitada por Bolsonaro ocorreu durante o BloCU, na segunda-feira (4), no centro de São Paulo, e foi postada em um grupo seguido por menos de 100 pessoas

Sofia Lacre, que fez a performance no Blocu, no vídeo divulgado por Bolsonaro (Reprodução)

Reportagem de Danilo Thomaz, na revista Época, nesta quinta-feira (7) revela quem é o personagem que aparece realizando uma performance durante o Carnaval no vídeo compartilhado por Jair Bolsonaro (PSL), que gerou polêmica que se arrasta após o fim da folia.

Segundo a Época, o performer se identifica como Paulx Castello e/ou Sofia Lacre, não se identifica nem como homem nem como mulher, mas fala de si no gênero feminino.

Artista formada pela Universidad Nacional de las Artes (UNA), na Argentina, foi uma das realizadoras do Kuceta (póspornografias): festival de cultura e política sexodissidente realizado em junho do ano passado em São Paulo que, conforme descrição, pretende “exibir algo do que tem sido produzido em relação a sexualidades não normativas”.

Portanto, a cena exibida em vídeo compartilhado por Bolsonaro era uma performance de um artista e ativista que se dedica a discutir “sexualidades não normativas” e não um ato espontâneo que acontece nos blocos de Carnaval, como o capitão da reserva quis mostrar.

A performance tuitada por Bolsonaro ocorreu durante o BloCU, na segunda-feira (4), no centro de São Paulo, e foi postada em um grupo seguido por menos de 100 pessoas. Dois dias antes, uma apresentação semelhante havia ocorrido em Lisboa, Portugal — mas sem a participação de Paulx Castello.

Segundo relatos de pessoas presentes no BloCU, a apresentação não se resumiu à chuva dourada. Sofia sacudiu, ainda, os cabelos molhados de urina, atingindo os passantes. Ela e o rapaz que a acompanhava no palco improvisado também se penetraram com os dedos. Antes, de acordo com relatos, ela havia defecado na rua.

Leia a reportagem completa na Época.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum